[ editar artigo]

Não são apenas posts bonitinho. É estratégia!

Não são apenas posts bonitinho. É estratégia!

Antes, receptora, fácil de ludibriar e entreter, aceitar e interagir com “meros” posts e  que pouco sabia da dimensão do processo de criação para o mesmo em minha frente aparecer e prender minha atenção, ou não. E agora, escrevendo pela ótica de estudante do segundo período de marketing e com o curso de Social Media exponencial recém concluido, trago uma explanação estrutural do que tem por trás da criação de posts, a qual você não deveria negligenciar.

A princípio, faz-se necessário que você, assim como eu, inciante, compreenda que marketing vai além do digital e mais ainda do instagram, ou qualquer outra rede. O mesmo objetiva-se em entregar algo/alguma coisa, através de um largo processo de comunicação (entreter, informar,  educar e  motivar ). Continuando a definição, poderemos ir além com a teoria dos quatro Ps (produto, preço, praça e promoção) Ou seja, o que será e como será vendido/entregue.

Ao saber qual o papel do marketing no geral,  seguimos para o papel dos  posts. Se a finalidade do marketing é comunicar,  podemos consideração os posts com a função de outdoor, não é mesmo?! Uma via! Pois bem, aí que está. Para iniciar, antes da mão na massa, é interessante ( talvez até crucial) estudar o negócio e caso necessário, modelar. O mesmo precisa estar muito bem consolidado em termos de modelo e plano de negócio em si, pois o marketing  não faz milagre com produto ruim ou negócio lacunado.

Após entender o negócio e desenhar a ideia central, a identidade visual, o propósito, a missão, os valores, etc, você começa a jornada de compreender, estudar e analisar o público e suas demandas. Ou seja, é sobre comportamento! Pois é, os posts não estão ali para serem bonitos ou tocar no emocional por tocar, com um pug fofinho ou uma dancinha legal. Ele precisa entregar algo de valor e isso você só conseguirá ao entender as demandas e necessidades da sua buyer persona a qual estão alinhadas ao que propunha o teu produto ou serviço.

Entenda também, nas redes  as pessoas estão para se entreter, aprender e se conectar. Sendo esse o  caminho geral. Mas dentro do seu mercado e pro teu público, o que eles estão buscando? Durante o dia a dia, quais os micros problemas que eles tentam resolver? Quais os desejos? E quais os anseios? Essas perguntas podem nortear a construção do conteúdo em linhas gerais.

Prece óbvio e clichê, mas produzir com base nos pontos supracitados é algo bem negligenciado por muitos profissionais e até agências, que acabam entregando o mesmo de sempre – post por post, dados por dados. Mas como não fazer mais isso e criar uma lógica assertiva? Então vamos pra receita de bolo. 1. Entender o negócio em linhas gerais e o mercado inserido; 2. Estudar o público e listar dores, desejos, anseios, necessidades emocionais e operacionais do buyer; 3. Desenhar uma linha lógica em formato de mensagem para que resolva ou ajude o que seu público busca. Obs.: A mensagem não é o que tem em um post, mas a conexão entre eles. Então ao construir uma programação semanal, quinzenal, mensal… Pensa como os posts comunicam o que tu precisa e queres passar.

Atenção! Vale ressaltar que essa lista não é regra e muito menos estática pro processo de marketing em si, mas é útil para o negócio em ponto apto para começar a criar conteúdo, tá?! E outra coisa, a conexão dos posts não formam um quebra- cabeça (literalmente falando). Por exemplo, é desmembrar de um tema geral os assuntos por 4 grupos ( Informativo, educativo, interativo e comercial). Vale ressaltar também o processo de maturação do posicionamento da marca para poder o tipo de post ser mais coerente. Não vais começar pedindo interação, se ainda nem deu nada em troca, neh?!

Por fim, criar posts engloba uma séria lista de atividades alinhadas a um processo estratégico e criativo. Então caros usuários, sempre que possível deixa o like, compartilha e enaltece as criações feitas com muito raciocínio e carinho pra você. E caro estudantes, busca inspiração de especialistas/ experts, pois o foco é fazer post otimizados, assertivos e cheio de valor. 

Ler conteúdo completo
Indicados para você