[ editar artigo]

Contratei uma agência e abandonei meu marketing

Contratei uma agência e abandonei meu marketing

Em quase 11 anos trabalhando com marketing o comportamento que eu observo com mais frequência nos clientes é contratar uma agência, um consultor ou um social media e até mesmo um "freela" e esquecer a publicidade e o marketing do próprio negócio.

O pensamento geralmente é:

- Ah, eu tenho mais coisas para me preocupar, preciso focar no meu operacional, irei terceirizar meu marketing e tá tudo certo. De vez em quando eu vou lá comento algo e pronto.

No começo eu achava isso bom, pensava:

- Nossa, que ótimo, vou poder trabalhar em paz e fazer o que eu quero. Sem cliente perturbando.

Porém com o tempo, de acordo com o novos clientes que surgiam na agência vieram as novas experiências, as novas maneiras de trabalhar e de enxergar processos, métricas e resultados. 

E eu pensei:

- Não é que trabalhar lado a lado com o cliente é algo bom?!

Eu vou ser bem honesto, no começo é desafiador, mas quando você consegue trazer o cliente para o seu lado é fantástico. Educar o mesmo a consumir conteúdo com referência e de qualidade sobre marketing, você pode treiná-lo e ensinar como filtrar boas práticas das fórmulas mágicas. 

Uma vez que o cliente consegue ter uma boa base do que é marketing e publicidade ele consegue ter mais autonomia para pensar e ajudar a nós profissionais do marketing.

Eu sou adepto de que o meu cliente conhece muito mais o cliente dele do que eu. Eu venho de fora, faço pesquisas, estudos, benchmarking, mas o meu cliente está no front, ele está do outro lado do balcão, atendendo na clínica, recepcionando os clientes, falando cara a cara com seus alunos. Ele ouve todos os dias as dores, os sonhos, as incertezas e tudo que se passa na mente daquele cliente.

Acredito que um dos meus papéis como marketing quando atendo um cliente é proporcionar acesso a conhecimento dá área de forma organizada e em pequenas doses. Quero que meu cliente fique com os sentidos ativados e treinados ao se relacionar com seu cliente. 

Quando isso acontece ai sim acontece a mágica, pois faço as perguntas certas e consigo extrair o melhor do meu cliente, então consigo propor soluções eficientes e eficazes e por sua vez o meu cliente pode avaliar e entender se aquela solução que eu propus faz sentido para o negócio dele e para o seu consumidor.  

Trabalho em conjunto é mais produtivo entende? Eu tenho as ferramentas, experiência e conhecimento e o meu cliente conhece o próprio negócio e seus clientes. Et voilà, match perfeito! 

Claro. Eu resumi nas poucas linhas acima aproximadamente 132 meses de experiência que fez parecer simples, mas não é. Pois é importante lembrar que no meio de tudo isso existem, profissionais, clientes, mercado, ego e visões de mundo diferentes, objetivos contrários e afins.

Lógico que você cliente: vai esbarrar com profissionais e agências que desejam apenas prêmios, outras que te enxergaram como apenas um número, algumas de irão te usar para testar ferramentas novas, outras nem conhecem seu mercado e não irão correr atrás para entender, por sua vez terão as que acreditam piamente que marketing é receita de bolo e vai fazer várias receitinhas de sucesso rápido que podem "dar certo" a curto prazo, mas sem fundamento e desalinhados com seu negócio, e outras que darão completamente errado e te farão perder dinheiro.

Mas cliente, para você eu digo uma coisa, vá atrás de conhecimento antes de buscar uma agência ou profissionais de marketing, busque aprender o básico para saber pedir, procure treinar seus ouvidos para compreender e conhecer o seu cliente, teste bastante sozinho e só depois busque alguém para te ajudar.

Agora eu quero falar com você publicitário ou agência: Sim, você irá esbarrar com clientes tóxicos durante sua jornada, mas busque o auto conhecimento, não se deixe levar por opiniões e críticas duras que não são construtivas e querem apenas te desestabilizar. Você sabe o que está fazendo, você estudou para isso, confia. Se você tiver a clareza necessária, irá identificar clientes que não compartilham dos meus propósitos que você e será sua escolha atendê-los ou não. Se você possui clientes tóxicos em sua agência demita-os, a energia que eles estão levando de você e da sua equipe pode ser bem investida em novos projetos e clientes.

Publicitário se você estiver fazendo essa "mudança de mindset" que antes era "me deixa trabalhar sozinho" para "vem cá fulano, vou te explicar como funciona. me diz o que você achou." não é simples e rápida, mais ela é duradoura e próspera.

Quando você entendi isso, você não estará mais prospectando clientes, mas sim recrutando parceiros para projetos em conjunto.

Agora você deve estar se perguntando:

- Ok, mas será mesmo que esse Lucas faz isso? Falar é fácil né...

Eu te digo que ainda não dominei esse super poder, mas estou na construção de relações saudáveis com meus clientes nos últimos anos e acredito que a ideia é essa, não tem fim, não tem conclusão. Quando você entra nessa jornada você compreende que a construção de relações saudáveis no trabalho - e na vida- são concebidas devagarzinho  sem pressa e com os sentidos treinados. 

MLabs
Lucas Resende
Lucas Resende Seguir

🚀 Ajudo pequenas e médias empresas a crescerem de forma estruturada desde 2011 🧠 Marketing | Head Management @aproximaco

Ler conteúdo completo
Indicados para você